domingo, 2 de outubro de 2011

With a Little Help From My Friends - Joe Cocker (1968)



Originalmente, With a Little Help From My Friends foi composta para o álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, Beatles, 1967. Ringo Starr, o baterista do grupo, sempre tinha uma trilha feita sob medida para seu pequeno alcance vocal. É basicamente uma composição de Paul McCartney. Em entrevista, John Lennon (1940-1980), disse:
“É uma música feita por Paul, com uma pequena ajuda minha”.
O álbum redefiniu a história da música popular, influenciando artistas ao redor do mundo, inclusive no Brasil: os Mutantes, Caetano Veloso, Gilberto Gil e os novos compositores de Minas Gerais (Milton Nascimento, Wagner Tiso, Lô Borges) exibiram a influência em suas discografias e entrevistas ao longo das décadas futuras.
Além disso, o álbum é um marco na engenharia de som (Geoff Emerick, Richard Lust, Ken Scott, Pillip McDonald e Alan Parsons), produção (George Martin) e design gráfico (MC Productions, Apple, Peter Blake). O disco foi um desafio tecnológico vencido coletivamente.
Ninguém imaginava que a singela balada, falando de amizade - às vezes até entediante -, pudesse ganhar uma releitura devastadora 1 ano depois.
A versão de Joe Cocker
Joe Cocker começou a cantar sob a influência direta de Ray Charles e Lonnie Donegan (artista inglês que tocava skiffle: uma mistura de rock e country music). Em 1966, formou uma banda chamada “The Grease Band” e assinou contrato com a Regal Zonophone (um dos vários rótulos da EMI).
A transformação da balada num “heavy-gospel” foi trabalho de Leon Russell. Ele modificou o tempo musical, harmonias e Joe Cocker adaptou brilhantemente o jogo de perguntas e respostas que define a canção.
Para cada desafio, pegunta ou situação difícil, Cocker afirma que “pode contar com uma pequena ajuda de seus amigos”. Na gravação original temos Jimmy Page (antes do Led Zeppelin) na guitarra, Tommy Eyre no órgão, BJ Wilson (do grupo Procol Harum) na bateria, Chris Straiton (músico de sessão para Eric Clapton, Brian Ferry e The Who) no baixo e o luxuoso auxílio de Rosetta Hightower e Sunny Wheetman nos vocais marcantes para que transformação ficasse perfeita.
Os vocais de Joe Cocker os novos arranjos fizeram história. A gravação alcançou o número 1 no “Top 50 Charts” britânico em 19 de outubro de 1968 e permaneceu por 12 semanas entre as 50 melhores.
The Beatles enviaram para Cocker um telegrama de agradecimento pela gravação e, especialmente George Harrison (1943-2001) pediu que Cocker gravasse mais músicas do grupo – coisa que fez em quase todos os seus álbuns.
Notas Fora da Pauta (Notes Outside Musical Score)
Nota 1 - A versão catártica de Cocker foi um dos marcos do Festival de Woodstock em 1969.
Nota 2 – No vídeo deste artigo, Joe Coker está em boa companhia novamente: Stevie Winwood no órgão; Phill Collins na bateria; Ray Cooper na percussão; Pino Palladino no baixo; Brian May na guitarra e Sam Brown, Margo Buchanan e Claudia Fontaine nos vocais. A apresentação de Cocker fez parte das comemorações do 50° aniversário da coroação da rainha Elizabeth II da Inglaterra, em 2002. Cocker recebeu a Ordem do Império Britânico (OBE).
Nota 3 – Durante os anos 70 do Século XX, Joe Cocker perdeu muitos amigos e quase sua carreira artística. Mas conto a história em outro artigo.
Nota 4– Assisti Joe Cocker em 1991, no Estádio do Maracanã (Rock in Rio II) – um show impecável, espetacular e inesquecível.
Jacy Dasilva

Caro (a) Leitor de Phonopress,
“With a Little Help From My Friends”, interpretada por Joe Cocker é minha forma de agradecer aos leitores e comemorar 1 ano do blog Phonopress.
Após pouco mais de 50 artigos escritos e 9500 leitores no mundo inteiro, posso afirmar que contei com a ajuda de muitos amigos.
Espero ter cumprido o objetivo de ter contado boas histórias.
Não escrevi sobre todas as canções e temas propostos, é verdade. Mas sem o leitor, não teria persistido. E todos são bem-vindos.
Boa leitura.
Phonopress | Histórias Musicais

Dear Phonopress Reader,

“With a Little Help From My Friends”, performed by Joe Cocker is my way to express my gratitude and celebrate 1 year of this blog.
Along this year I wrote little more than 50 articles and always trying to tell god stories to 9500 readers around the world.
I’m sorry if I couldn’t write about all the songs requested.
But without the readers I would not persisted. And I always counted with a big help from my friends. All are welcome.
Good reading. 
Phonopress | Musical Stories   

3 comentários:

  1. Parabéns pelo primeiro de muitos anos!
    Sergio.

    ResponderExcluir
  2. Jacy,
    Então o rebento está completando um ano? O projeto foi tão bom que nem percebi a passagem do tempo.

    Aqui estou para soprar a primeira velinha (sem h, rs, rs, rs) e espero soprar muitas outras nos anos vindouros.

    Parabéns e que você continue nesta trilha com saúde, paz e prosperidade.

    Abraços,

    Jorginho

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo primeiro ano do Phonopress. Primeiro de muitos, tenho certeza.
    Abraço,
    Alessandro

    ResponderExcluir