quarta-feira, 20 de abril de 2011

Bridge Over Troubled Water – Simon & Garfunkel (1970)

A composição de Paul Simon é uma mensagem de amizade incondicional e mais.
Os versos “When friends just can’t be found/Like a bridge over troubled water/I will lay me down” (Quando os amigos faltarem/ Estarei como uma ponte sobre águas turbulentas) transformam a canção numa declaração de fé.
A música foi composta e gravada entre agosto e novembro de 1969.
O álbum Bridge Over Troubled Water é a última gravação em estúdio da maior dupla folk-rock da história da música.
Paul Simon e Art Garfunkel começaram a cantar juntos aos 12 anos, ainda na escola, em New York, sob o nome de Tom & Jerry – nada mais apropriado para dois talentos geniosos.
Em 1957, gravaram seu primeiro disco, nitidamente inspirados na dupla The Everly Brothers.
Em 1969, as diferenças chegaram ao ponto máximo, mas ainda deviam um álbum para a Columbia Records. O grupo se separaria logo após o lançamento do disco.
Quando o produtor Roy Halle ouviu Bridge Over Troubled Water disse que esta deveria ser cantada por Art Ganfunkel e não por Simon, seu autor.
Apesar do aborrecimento causado em Simon, Halle estava certo na escolha.
O pianista, de formação clássica, Larry Knechtel foi escalado para acompanhar a voz de Garfunkel. E o fez com maestria e simplicidade.
A música começa com a voz sussurrante e angelical de Garfunkel e piano.
Com 1 min e 40 segundos temos a primeira intervenção de um piano elétrico, em notas soltas, como percussão. O piano de Knechtel ainda prevalece.
Um minuto depois, pratos de bateria são gravados e um baixo elétrico adicionado.
Tudo ainda muito tranquilo, mas o prelúdio para a segunda parte.
Com três minutos ouvimos as primeiras batidas de uma bateria posicionada no poço do elevador do estúdio; o microfone, andares acima, capta o som que vai fazer a marcação da música dali em diante.
Com 3:20 min, a voz de Art Garfunkel tem um volume maior e está duplicada (overdub).
Caprichosamente, violinos, violas e cello são acrescentados e ganham intensidade conforme a voz de Garfunkel chega ao final da canção.
Após o término da voz e da última batida da bateria, a orquestra permanece por mais dez segundos apoteóticos.

Notas Fora da Pauta

Nota 1 – O álbum “Bridge Over Troubled Water”, lançado em fevereiro de 1970, foi o de maior vendagem da dupla - mais de 25 milhões de cópias. Dele constam clássicos como: Cecilia, The Boxer e El Condor Pasa.

Nota 2 – A ideia de colocar a bateria no poço do elevador foi do engenheiro de som Phil Ramone. É repetida na faixa The Boxer do mesmo álbum.

Nota 3 – Os versos “Sail on, silver girl” foram inventados por Art Garfunkel para irritar a namorada de Simon, que acabara de descobrir cabelos grisalhos. Rezava a lenda que o “silver” (prateado) fazia alusão à agulhas e heroína.

Nota 4 – Quando Simon & Garfunkel voltaram a se apresentar em 1981 no Central Park, N York, o pianista Larry Knechtel não fora escalado, para irritação de Art Garfunkel.
Larry tocou seu piano durante anos como músico contratado e fez parte do grupo Bread.

Nota 5 – Em 1971, o álbum faturou 5 Grammys.

Nota 6 – As regravações por Elvis Presley (1935-1977) e Aretha Franklin realçam a interpretação religiosa que a composição oferece.

Nota 7 – Em 2010, Andrea Bocelli e Mary J. Blige interpretaram a canção em concerto para arrecadação de fundos para as vítimas do terremoto no Haiti.

Nota 8 – Após o término das gravações do álbum, a dupla gravou um especial de fim de ano para a TV CBS que nunca foi ao ar. O programa não conseguiu patrocinadores devido às mensagens pacifistas contra a Guerra do Vietnã.
Bridge Over Troubled Water (40th Anniversary Edition) (1 CD/1 DVD)
Foto: http://www.amazon.com/

Nota 9 – Em março de 2011, a Columbia/Sony lançou uma edição comemorativa do álbum, acompanhada de DVD com o especial “evitado” em 1969.

Jacy Dasilva


Um comentário:

  1. Jacy,
    Obrigado. Você me deu um grande presente de Páscoa.

    Como já lhe disse, mal entendo de língua portuguesa. Da inglesa, nadinha. Gosto da melodia, mas quando sei o que diz a letra, como é o caso de agora, a música cresce de importância.

    Aliás, quando puder, fale de Imagine, de John Lennon. Uma amiga minha, há muitos anos, traduziu a letra e guardo-a com carinho. Mas certamente você terá muitas coisas a dizer, que enriquecerão meus conhecimentos, como leigo que sou.

    Feliz Páscoa para você e todos os seus.

    Jorginho

    ResponderExcluir